Skip to content

Vanderlei Cordeiro de Lima recebe o Troféu JK no Rio de Janeiro

08/06/2016

Vanderlei

O medalhista olímpico e padrinho do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA Vanderlei Cordeiro de Lima recebeu, no dia 4 de junho, o Troféu JK – O Troféu do Brasil, símbolo do empreendedorismo nacional. O evento foi realizado no Copacabana Palace e marcou o início das celebrações do Rio de Janeiro como Capital Mundial da Vitória, homenageando brasileiros e instituições que contribuem para a projeção, desenvolvimento e engrandecimento do Brasil. Além disso, ele também recebeu a “moção honrosa da Câmara Municipal da Cidade do Rio de Janeiro”. O evento, que teve a presença de outros grandes nomes do esporte nacional, como Zico, Carlos Alberto Torres e a velocista paralímpica Terezinha Guilhermina, foi organizado pelo Presidente da Academia Brasileira de Honrarias ao Mérito, Comendador Regino Barros.

Com índice para o Mundial, atletas da Base se destacam no Brasileiro Sub-20

25/04/2016
sub20_dardofem_4866

Alexandra, índice para o Mundial e destaque da competição com vitória no lançamento do dardo

O Instituto Elisângela Maria Adriano (IEMA) e o Instituto Vanderlei Cordeiro de Lima (IVCL), núcleos de Categorias de Base apoiados pelo Clube de Atletismo BM&FBOVESPA, conquistaram excelentes resultados nos Campeonatos Brasileiros CAIXA Sub-20 Interclubes. Foram 29 medalhas conquistadas na pista de São Bernardo do Campo entre os dias 15 e 17 de julho: 11 de ouro, 7 de prata e 11 de bronze.

Alexandra Maria Pimenta da Silva foi escolhida como destaque individual da competição. A atleta do IEMA venceu a prova do lançamento do dardo com a marca de 50,26 m, recorde do campeonato e índice para o Mundial Sub-20 que será disputado na Polônia, em julho.”Foi excelente superar a barreira dos 50 metros. Estou na batalha e tentando muito melhorar”, disse a lançadora, que tinha 49,63 m como recorde pessoal. Ela é treinada pelo técnico João Paulo Alves da Cunha. “Ele me dá muito força e me acompanha no dia a dia.”

Na classificação por equipes, o IEMA, de São Caetano do Sul, ficou com o vice-campeonato, ao somar 194,5 pontos, apenas um ponto atrás do campeão Centro Olímpico, projeto que até 2015 integrou as Categorias de Base do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. O IVCL, de Campinas, até então tetracampeão do torneio, ficou em terceiro lugar, com 150 pontos, e teve o fundista Daniel Ferreira do Nascimento, bicampeão nas provas de 5.000 m e 10.000 m como destaque.

Mundial Juvenil na Polônia é o principal objetivo para atletas das Categorias de Base

21/02/2016

f73356c6-62ce-4a85-a2c8-43f1f895f38a.jpgA temporada de 2016, que tem como ponto máximo a competição olímpica, em agosto, no Rio de Janeiro, terá também uma grande disputa para os atletas juvenis: o Campeonato Mundial Sub-20 em Bydgoszcz, na Polônia, entre 19 e 24 de julho. O prazo para obtenção de índices começou em 1º de janeiro de 2016 e termina no dia 11 de junho, segundo critérios da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA  apóia três núcleos de Categorias de Base: o Instituto Elisângela Maria Adriano (IEMA), em São Caetano do Sul; o Instituto Vanderlei Cordeiro de Lima (IVCL), em Campinas; e o Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), em São Paulo. E tem hoje, entre os integrantes de sua equipe, atletas que foram medalhistas em Mundiais Juvenis.

_DRZ0225

Izabela, medalha de ouro no disco em 2014

Na última edição do Mundial, realizado em Eugene, nos EUA, em 2014, Izabela Rodrigues da Silva conquistou o ouro no lançamento do disco, com a marca de 58,03 m – tornou-se, assim, a terceira mulher do País a ser campeã do mundo. Izabela, treinada por João Paulo Alves da Cunha, era atleta do IEMA, assim como Thiago do Rosário André, outro destaque do Brasil há dois anos. Orientado por Adauto Domingues, terminou os 800 m e 1.500 m na quarta colocação.

Em 2002, no torneio realizado em Kingston, na Jamaica, Juliana Gomes dos Santos conquistou o bronze nos 800 metros. Na mesma edição, Keila Costa foi terceira colocada no salto triplo. E, em Grosseto-2004, Júlio Cesar Miranda de Oliveira subiu ao pódio no lançamento do dardo, também com o bronze.

Confira os índices estabelecidos pela CBAt para a disputa do Mundial Juvenil de Bydgoszcz:

Indices Mundial sub20

Atletas das Categorias de Base brilham no Campeonato Brasileiro de Menores

22/09/2015
Daniel do Nascimento, do IVCL, campeão dos 1.500 metros

Daniel do Nascimento, do IVCL, campeão dos 1.500 metros com recorde do campeonato

Os atletas das Categorias de Base do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA conquistaram resultados expressivos na disputa do Campeonato Brasileiro CAIXA de Atletismo Menores Interclubes, na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo, entre os dias 18 e 20 de setembro. Foram 19 medalhas (dez ouros, seis pratas e três bronzes) nos três dias de competição – participaram do torneio 748 atletas de 106 clubes de todo o país.

O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA  apóia três núcleos de novos valores da modalidade, com 30 atletas cada um: o Instituto Elisângela Maria Adriano (IEMA), em São Caetano do Sul; o Instituto Vanderlei Cordeiro de Lima (IVCL), em Campinas; e o Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), em São Paulo.

Um dos destaques da competição foi o corredor Daniel Ferreira do Nascimento, do IVCL, que bateu o recorde do campeonato ao conquistar o ouro nos 1.500 metros (3min53s66). Ele superou marca que era do ano passado. “O objetivo era o recorde brasileiro, mas não deu. O vento forte atrapalhou um pouco”, disse Daniel, referindo-se à marca de 3min50s19, de Claudinei Pereira desde 1995. Wellinton Cruz Filho, do IEMA, e Heitor Roque Coelho, do COTP, também foram campeões – respectivamente, do lançamento do disco (55,92 m) e dos 110 m com barreiras (13s60). E, igualmente, bateram o recorde do campeonato em suas provas.

Também medalha de ouro, Jordan de Souza, do COTP, tornou-se o novo recordista brasileiro do decatlo na categoria até 17 anos, com 6.787 pontos – a marca anterior, 6.777 pontos, era de Anderson Luiz Silva, deste ano. “Estou feliz porque acabei a competição com dores no tornozelo e mesmo assim consegui o recorde. Senti a lesão no salto com vara”.

Ouro
Daniel Ferreira do Nascimento – IVCL – 1.500 m (3min53s66)
Heitor Roque Coelho – COTP – 110 m com barreiras (13s60)
Janaina Lima Paula – COTP – 2.000 m com obstáculos (7min28s19)
Jonathan Santos Rocha – IEMA – 3.000 m (8min47s93)
Jordan de Souza – COTP – decatlo (6.787 pontos)
Lucas Souza da Silva – IVCL – 800 m (1min54s70)
Maxwell Campos Oliveira – IEMA – lançamento do dardo (61,97 m)
Murilo Santos – COTP – salto triplo (14,91 m)
Nicole Lima Barbosa – IEMA – salto com vara (3,40 m)
Wellinton Cruz Filho – IEMA – lançamento do disco (55,92 m)

Prata
Gabriel Andrade – IEMA – salto com vara (4,30 m)
Gabriel Santos Oliveira – COTP – salto em distância (7,03 m)
Giuliana Schiesaro – COTP – salto com vara (3,00 m)
Janaina Lima Paula – COTP – 3.000 metros (11min12s05)
Mariana Silva Oliveira – COTP – 200 m (24s70)
4×400 m misto – COTP – 3min41s30

Bronze
Augusto Santos Rodrigues – IVCL – marcha 10km (56min47s23)
Jin Su Leonardo Vieira – COTP – salto com vara (4,20 m)
Lucas Souza da Silva – IVCL – 1.500 m (4min06s26)

André Oliveira conquista duas medalhas no Parapan de Toronto

21/08/2015
André Oliveira e Alan Fonteles, medalhistas nos 100 m T44 nos Parapan de Toronto

André Oliveira e Alan Fonteles, medalhistas nos 100 m T44 no Parapan de Toronto

André Oliveira, que atua no Centro de Treinamento do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA, em São Caetano do Sul, auxiliando atletas e técnicos, conquistou duas medalhas nos Jogos Parapan-americanos de Toronto, disputados entre os dias 7 e 15 de agosto.

André, de 42 anos, ganhou a prata no salto em distância, com a marca de 5,76 m, e o bronze nos 100 metros (12s33). Atleta paralímpico desde 2005, ele compete na classe T44 (lesões ou amputações abaixo do joelho).

O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA dá os parabéns a André pelas medalhas!

Luiz Alberto de Araújo volta à China e lembra da construção do Ninho do Pássaro

15/08/2015
Luiz Alberto disputa o terceiro Mundial da carreira em 2015

Luiz Alberto, bronze no Pan de Toronto, disputa o terceiro Mundial da carreira em 2015

A 15ª edição do Campeonato Mundial de Atletismo, que será disputada entre os dias 22 e 30 de agosto, marca o retorno de alguns atletas à China – mais especificamente, para a cidade de Pequim. Alguns estiveram nos Jogos Olímpicos realizados em 2008. E outros, ainda bem jovens, sonhavam com a possibilidade de pisar no impressionante Ninho do Pássaro, estádio construído para receber a Olimpíada.

Pequim recebeu em 2006 o Mundial Júnior de Atletismo. O decatleta Luiz Alberto Cardoso de Araújo participou da competição e lembra que viu a construção do gigante de aço nas vezes em que ia treinar.

“Aquele foi o primeiro Mundial em que participei. Quando a gente ia treinar, via o Ninho do Pássaro sendo construído lá do outro lado. Dava para ver que era muito grande… Tinha aquelas luzes acesas, o pessoal soldando os ferros, e eu pensava: ‘Nossa, que legal, ali vai ser a pista de atletismo dos Jogos Olímpicos’”, lembra Luiz Alberto, que ficou em sexto lugar e bateu o recorde brasileiro júnior, com 7.472. Além de Luiz Alberto, outra atleta do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA, Jucilene Sales de Lima, do lançamento do dardo, também participou daquele Mundial.

Luiz Alberto, que foi medalha de bronze no decatlo dos Jogos Pan-Americanos de Toronto,  não disputou a Olimpíada de Pequim, mas esteve nos Jogos de Londres, quatro anos depois. E, agora, terá a oportunidade de competir no Ninho do Pássaro. “Fico pensando que vou entrar lá dentro… É aquele mesmo cenário. A gente viu construir aquele estádio, mas não sabe como é. Então vai ser muito legal competir lá.” A construção do Ninho do Pássaro demorou quatro anos – de 2003 a 2007 -, empregou 17 mil trabalhadores e utilizou 110 mil toneladas de aço.

Turminha da escola fundamental que gosta de atletismo

09/07/2015

IMG_2680 (800x537)

Grupo de 25 crianças de São Caetano usaram as instalações do CT para testes e aproveitaram para conhecer o local e alguns dos principais atletas do Brasil.

O Centro de Treinamento do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA em São Caetano recebeu a visita de alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Luiz Olinto Tortorello. As 25 crianças, de 8 a 10 anos, são praticantes de atletismo na escola, com a professora Ieda Bendzius, da disciplina de educação física. “Trabalhamos mais a coordenação, mas também o básico de tudo, corridas, saltos…”, disse Ieda. Os alunos foram ao CT para testes de velocidade, pelota e saltos.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.346 outros seguidores